Elminster Aumar

Elminster Aumar

Elminster Aumar é um personagem fictício no universo de Forgotten Realms. Também conhecido como Sábio de Shadowdale, é um poderoso mago que aparece em vários romances de Forgotten Realms criados por Ed Greenwood. Sua aparência e comportamento fazem lembrar, em certos aspectos, Merlin ou Gandalf.

Elminster foi um dos primeiros personagens criados por Greenwood para Forgotten Realms; informações sobre ele podem ser encontradas em praticamente todos os jogos da série, mas os romances que compõe a The Elminster Series (Elminster: The Making of a Mage, Elminster in Myth Drannor, The Temptation of Elminster, Elminster in Hell e Elminster’s Daughter) são talvez as fontes de informação definitivas.
Elminster Aumar

Elminster Aumar

Elminster Aumar é um personagem fictício no universo de Forgotten Realms. Também conhecido como Sábio de Shadowdale, é um poderoso mago que aparece em vários romances de Forgotten Realms criados por Ed Greenwood. Sua aparência e comportamento fazem lembrar, em certos aspectos, Merlin ou Gandalf.

Elminster foi um dos primeiros personagens criados por Greenwood para Forgotten Realms; informações sobre ele podem ser encontradas em praticamente todos os jogos da série, mas os romances que compõe a The Elminster Series (Elminster: The Making of a Mage, Elminster in Myth Drannor, The Temptation of Elminster, Elminster in Hell e Elminster’s Daughter) são talvez as fontes de informação definitivas.

As centenas de anos de vida de Elminster são impossíveis de catalogar em um histórico, registros arcaicos atestam de fato o nascimento de Elminster a mais de 1150 anos atrás, filho de Elthryn, o senhor da vila de Heldon, e sua esposa Amrythale. Sua família foi assassinada por um Lorde das Sombras chamado Undarl, um dos lordes magos do antigo reino de Athalantar.

Tomando a espada quebrada de seu pai, Elminster tornou-se um ladrão ao entrar na idade de 12 anos. Ele convenceu-se que não tinha gosto para matar durante a vida como ladrão na cidade de Hastarl, a capital de Athalantar. Foi lá que Elminster encontrou pela primeira vez o Magistrado de sua era, o mago que usava o poder do manto de Mystra.

Quando perguntado se ele se interessava em aprender encantos, Elminster recusou. Depois de muitas aventuras, Elminster foi visitado por

Carta do elminster no spellfire

Carta do elminster no spellfire

Mystra, a Deusa de Toda a Magia, que o deixou atônito com a mensagem de que deveria aprender magia e venerá-la. Logo após, quando era ainda um jovem adulto, talvez para conhecer uma outra visão do mundo, Elminster torna-se Elmara, sacerdotisa de Mystra. Esta mudança também permitiu a ele deslocar-se sem o conhecimento dos seus inimigos.

Depois de mais aventuras, Elmara estava pronta para tornar-se um mago e Elminster reapareceu. No seu tempo como seguidor, aprendeu muito sobre magia com a feiticeira Myrjala, alcançando o ponto onde pode fazer sua vingança contra os lordes magos que usurparam o reino. Após uma terrível batalha, Elminster venceu e assumiu o trono de Athalantar. Entretanto, tão rápido quanto ganhou a realeza a passou para um de seus amigos, Helm, um cavaleiro de Athalantar. Elminster justificou-se que queria a sua vingança e não tornar-se um monarca.

Quando ele e Myrjala deixaram o reino, a feiticeirarevelou-se a ele como sendo Mystra. Ela ofereceu à Elminster fazer dele um de seus Escolhidos e ele prontamente aceitou. Muitas das aventuras de Elminster não se tem detalhes, mas é sabido que ele visitou lugares como Cormanthor, as Torres da Canção e Myth Drannor, antes de sua queda, onde ficou por 20 anos. Por anos ele tem viajado e somente ele (e talvez Lhaeo) saiba por onde. Ele serviu como pai adotivo de três escolhidas de Mystra, a 600 anos atrás: Sylune, Storm, e a mulher que centenas de anos depois tornaria-se sua amante, Simbul. Também existe a suspeita de que ele tenha alguma coisa a ver com a fundação de Águas Profundas, ou a organização dos Lordes da cidade.

A maior aventura recente de Elminster foi tomar parte dos Tempos das Perturbações. Ele foi o mentor dos Três Rangers, que ajudaram-no em diversas batalhas com os misteriosos Mestres das Sombras durante estes tempos. Elminster também tomou parte na defesa do Vale da Sombras do exército dos Zhentarim, liderado pelo avatar de Bane.

O avatar e Elminster fizeram uma batalha na velha torre do mago e ambos foram pegos pelo feitiço lançado por Elminster contra o seu oponente. Pensava-se que ele tivesse sido destruído, mas quando retornou descobriu-se que fora meramente transportado para um outro plano de existência por algum tempo. Em sua ausência, os inimigos atacaram , mas outros Escolhidos, os Cavaleiros de Myth Drannor e os Três Rangers, os detiveram até o seu retorno. Tudo parecia calmo, mas os Mestres das Sombras tinham outras idéias. Elminster e os Três Rangers, com seus aliados, frustaram os planos desta raça de transmorfos.

Elminster também confrontou o deus supremo, Lorde Ao, durante a instigação do Tempo das Perturbações, quando inocentes foram mortos. Em um momento crítico deste período , a deusa Mystra transferiu seu poder para uma mortal, para que sua essência não deixasse de existir. (Esta mortal era a maga humana Midnight, que tornou-se a nova manifestação de Mystra).

Elminster (assim como muitos outros magos) obtém sua magia de Mystra e, durante esta mudança, ficou sem poderes. Ele recrutou um dos Três Rangers, Sharantyr, e equiparam-se com o estoque de ítens mágicos de Elminster, que ainda funcionavam. A dupla se reuniu aos outros dois membros do bando, Itharr e Belkram, mas mesmo os Três Rangers não impediram Elminster de ser ferido em batalha. A despeito de seus obstáculos, Elminster e os Rangers, junto com seus aliados, não somente libertaram o Vale Alto e derrotaram Manshoon do Zhentarim, mas encerraram o Tempo das Perturbações, devolvendo também a plenitude da magia para os magos dos Reinos.

fonte: http://www.ultimosdiasdegloria.com/