A mão e o olho de Vecna

A algum tempo atrás fiz um post sobre o Vecna, mas ainda ficou faltando algo, não só porque falta algo nele mesmo 😛 , mas algo que martela a cabeça de muita gente, o que houve com o raio da mão e o olho do Vecna? Pois bem, fui atrás disso e agora trago pra todos.

Antes de tudo, vamos repassar alguns dados sobre Vecna:
– Vecna nasceu como ser humano normal;
– Conheceu a magia através de sua mãe;
– Sua mãe foi caçada e morta como bruxa, onde ele prometeu vingar-se;
– Se tornou um lich (usuário de magia negra visando a vida após a morte);
– Após quase mil anos de seu nascimento, Vecna governa um grande império;
– Seu império sofreu um cerco no qual clérigos efetuaram um ataque de luz, onde seu lado esquerdo foi praticamente “rasgado”.
– Foi teoricamente “morto” pelo seu principal oficial, o vampiro Kas;
– As únicas coisas que restaram deste combate foram uma mão e um olho decepados.
Mão e olho Vecna

Esse seria o aspecto verdadeiro?

O que aconteceu depois é que nos interessa. Na verdade o olho e a mão de Vecna não são um artefato e sim artefatos distintos. Ao longo do tempo ambos foram parar nas Shield’s Lands nas mãos de um guerreiro conhecido como Halmadar, que aterrorizou a região por muito tempo no século V do calendário de Greyhawk, até ser pego e enterrado vivo.

Mas, como em toda boa historinha de terror, quando o estavam enterrando, seus algozes ouviram a célebre frase “eu voltarei!”. Pois bem, dito e feito.
Passado algum tempo, por volta de 581 do calendário de Greyhawk Halmadar conseguiu escapar de sua gélida prisão com a ajuda do próprio Vecna (que nesta altura já era um semideus).  Vecna por sua vez o ajudou com o intuito recuperar sua mão e seu olho novamente e assim se tornar mais poderoso. Mas seus objetivos foram frustrados, e as partes de seu corpo mais uma vez se perderam na região de Flanaess.
A mão ressurgiu em 595 na posse de um homem chamado Darl Quethos, um clérigo poderoso, que usou o artefato para assumir o controle de uma seita conhecida como “Disciples of Darkness” . Darl agora busca novos conhecimentos que o leve a recuperação do Olho de Vecna.
Até então o paradeiro do olho é desconhecido.

Hand and eye of Vecna

A mão e o olho de Vecna

A mão

Para usar a Mão de Vecna, os usuários precisam cortar sua mão fora, e assim colocar a do Vecna, onde depois de unida “magicamente” pode-se usá-la como uma mão normal, mas matem seu aspecto carbonizado e apodrecido. As vezes o sacrifício compensa, a mão concede poderes incomensuráveis, na verdade, para cada edição de Dungeons & Gragons, ela concedia poderes diferentes. Alguns atribuem isso a um erro de contexto, eu atribuo ao contexto de que as partes possuem “vida” e concede a cada um dos usuários os poderes que melhor lhe convier.  Na segunda edição, a mão dava ao usuário força sobre-humana, a capacidade de causar danos à criaturas pelo simples toque e outras quinze habilidades similares a magia. Na edição 3.5 a mão fria causava dano também pelo toque, poderia ainda drenar as habilidades dos outros e transferi-los para o usuário da mão. Na quarta edição, a mão concede uma série de poderes com base na sua satisfação, se ela está satisfeita com o usuário ela lhe concede poderes, se não está ela pode até mesmo tentar esganar seu dono.

Capa do livro Vecna Vive!

O Olho

Assim como a mão para usar o olho o usuário precisa arrancar um de seus próprios olhos. O olho mágico assume uma aparência de “murcho”, e brilha num tom carmesim. Sua visão fica “normal”, mas pode ainda usar uma série de poderes, como habilidade de ver perfeitamente no escuro ou ver as auras dos seres. Outras habilidades se somam quando o usuário possui a mão de Vecna.
Da mesma forma que a mão, para cada edição ele veio com poderes diferentes. Na segunda edição o olho deu ao “dono” de criar ilusões aos adversários que manter contato visual, e outras habilidades de adivinhação. Na Ed 3.5 o olho da a capacidade de criar ilusões, ver sob completa escuridão, dominar a vontade dos outros, matar pessoas com um olhar e desintegrar seus restos mortais. Na 4 ed, o olho atribui uma série de habilidades com base na sua própria satisfação também, sendo que pode conceder desde o poder de olhar dentro da alma das pessoas até lançar um raio poderoso pelo olho e aumenta outras habilidades também, mas se o olho não estiver contente com seu usuário, ele o mantém sobre visões de tortura e loucura, levando muitas vezes o usuário a morte ou suicídio.
No livro Die Vecna Die! Ainda podemos encontrar outros artefatos menores que são “partes” do Vecna, chamado de “Fragmentos do Vecna”, são partes como polegar direito, dedo médio direito, indicador direito, dentes incisivos (erroneamente chamado de caninos), dente molar, pele, Coração, pé esquerdo. As formas de uso são as mesmas, rança-se um fora para colocar o dele.
No caso o que temos no spellfire, o artefato de O Olho e a Mão de Vecna, poderia ter um poder mais no contexto dos mesmos, no spell ela é uma carta relativamente fraca, e em muitos casos só se colocam no deck para trazer o Vecna em jogo. O desenho da carta no jogo também é errônea, quando o olho e a mão são dois artefatos distintos, mas até então entendo os criadores, já que o símbolo do Vecna agora depois de se tornar Avatar é justamente uma mão com o olho em sua palma. Os criadores na verdade pegaram a figura símbolo do semideus e a usaram para dar vida a carta do artefato.
Fica para vocês pensarem: Qual seria o poder do “dedo médio” do Vecna??
Abraço.